Evolução da Camisa da Seleção Brasileira

Hoje a Seleção Brasileira classificou-se mais uma vez para as oitavas de final de uma Copa do Mundo. A pelada foi sofrida mas estamos lá!

Investido pelo espírito da Copa do Mundo, resolvi escrever este post, contando a curiosa história da camisa verde e amarela da Seleção Brasileira. Para os mais chegados em futebol vale a pena ler…

Durante toda a Copa do Mundo de 1950 a Seleção Brasileira jogou de camisas brancas com colarinho azul. Na época o povo não curtiu muito a combinação das cores, pois consideraram a camisa muito pouco nacionalista. Para o jornal carioca Correio da Manhã o uniforme branco sofria de “falta de simbolismo moral e psicológico”. Com o apoio da Confederação Brasileira de Desportos, entidade então responsável pelo futebol brasileiro, o jornal lançou um concurso para a criação de um novo uniforme usando todas as cores da bandeira brasileira. A seleção usaria o projeto vencedor na Copa do Mundo de 1954, na Suíça.

O vencedor foi Aldyr Garcia Schlee , 19 anos, gaúcho de Pelotas, que trabalhava em um jornal local. O próprio Aldyr escandalizou-se com o projeto (até então nenhum time usava quatro cores juntas no mesmo uniforme).

Após desenhar centenas de modelos, finalmente Aldyr desenhou um modelo que, para ele, era o “menos feio”…vejam como são as coisas…não é que foi esse o modelo vencedor. Concorrendo com mais de trezentos outros projetos de todo o país.

O modelo vencedor era assim: camisa amarela com colarinho e punhos verdes; calções azuis com faixa vertical branca; meias brancas com detalhes em verde e amarelo.

Como não tinha o tom correto de azul celeste da bandeira, Aldyr usou o que tinha-azul-cobalto-que foi fielmente reproduzido e continua no uniforme até hoje.

O Brasil estreou o novo uniforme no Maracanã, no dia 14 de Março de 1954, numa vitória sobre de 1×0 sobre o Chile.

Na final da Copa de 58 o Brasil enfretou a Suécia (todo mundo sabe), que também jogava de amarelo (todo mundo sabe). Não tendo preparado um uniforme reserva, o Brasil recortou os escudos de suas camisas amarelas e os custurou sobre um jogo de camisas azuis compradas de última hora em uma feira livre de Estocolmo. Nasce assim o uniforme de número dois da seleção brasileira…Taí um peça que eu queria para o nosso Museu.

Fonte:

http://colecaofutebol.forumpratodos.com/mesa-redonda-f9/historia-da-camisa-amarela-canarinho-da-selecao-brasileira-t1863.htm

About these ads

Posted on 25/06/2010, in Afins and tagged . Bookmark the permalink. 4 Comentários.

  1. não teve evolução!

  2. Eu não sei se eu que sou vintage demais, mas eu acho que as blusas antigas da Seleção são bem atraentes… Agora essa blusa da Copa de 94 hein, PQP… Que coisinha mais brega!!!

  3. vitortrotamundo

    A de 94 é uma das mais feias mesmo… Sou mais a de 70.

  4. gustavo augusto

    E muito feia A DE 94 SO MAIS A DE 2002

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.523 outros seguidores

%d bloggers like this: