IV Jamboree Nacional

Jamboreee!!!
Juma, a mascote do Jamboree Nacional.
Abertura
Só faltava um barco
5000 participantes.
O campo visto de cima.

Sem dúvida nenhuma o IV Jamboree Nacional vai ficar por muito e muito tempo na memórias dos participantes. Os motivos foram vários: as amizades, as atividades, o calor intenso, a chuva intensa…Realizar uma atividade dessas proporções requer um planejamento antecipado, uma boa infra-estrutura, uma boa equipe de serviço, boas atividades, etc…

Itaipú nos favoreceu, especialmente no momento da chuva calamitosa, que parecia não dar trégua. Barracas voaram ou foram alagadas, toldos caíram e tudo virou um barreiro só. Quando a chuva parou começaram a aparecer as aranhas e cobras, deslocados pela água. Com estado de calamidade já declarado o jeito mesmo foi recorrer a Defesa Civil de Foz, com uma ajudinha do Chefe Jorge. No final tudo certo…

Minha função oficialmente era a de “Coordenador Adjunto da Equipe de Serviço”, mais especificamente cuidei do programa do dia de folga dos Staff’s. Função que num primeiro momento pareceu legal, mas que acabou tomando bastante tempo e também paciência. Isabela e Fabi me ajudaram nessa tarefa. O programa era o seguinte: Macuco Safari nas Cataratas, Trilhas das Cataratas, Parque Thermas e Parque das Aves. Nos momentos de “folga” acabei “apagando incêndios” e ajudando em outras áreas: recepção, secretaria da Equipe de Serviço, ajudei na coordenação da saída do campo, trabalhei um poquinho no Parque Thermas na distribuição do rango, separei kits, e poraí vai… Trabalho não faltava pra ninguém!!

Dá pra se dizer que enfrentamos todos os grandes problemas de uma grande atividade. Já estou inclusive me acostumando em acampar em pântanos. Foi assim no Jamboree Mundial da Inglaterra, no ARP em Matinhos e agora no Jamboree Nacional…

Para me despedir, vou usar a frase de um grande poeta: Viva o Jamboree!!

Posted on 18/01/2009, in Escotismo, Jamborees, Viagens and tagged , , . Bookmark the permalink. 2 comentários.

  1. Fernando Brodeschi

    Vitinho, botei fé na bandeira da tua próxima viagem.

    Te garanto que o próximo Jamboree não vai ter chuva. É época de seca e muuuuuuuuito frio em Toluca (2.600 metros de altitude, no inverno)

  2. Esse menino de braços tortos na primeira foto sou eu! hahaha
    Esse, sem sombra de dúvidas, foi o melhor jamborre nacional de todos os tempos!
    Como você disse, Victor, vai ficar marcado na memória de todos os participantes por um bom tempo. Não é à toa que estou relembrando dele depois de mais de 4 anos.
    Parabéns pelo blog, Victor!
    Abraços!
    SAPS!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: