Buenos Aires

Artístas de rua na Calle Florida

Caminito

Flor Metálica

Prédio da Faculdade de Direito

Bandeira da Argentina tremulando por todos os lados.

Quilmes

Hoje acordamos cedo no hotel do Alfredo, em Montevidéu. Eram aproximadamente 5:30hrs quando começamos a carregar o carro. Levamos um susto, pois fomos abordados por um marginal que queria nos ajudar a carregar a bagagem no carro. Logicamente nao foi de graça. Demos algumas moedas, mas o cara ficou indignado e jogou tudo na nossa cara. Foi tenebroso, porque só havia a gente nas ruas da Ciudad Vieja, que por natureza já sao perigosas.

Seguimos rumo a cidade de Colônia del Sacramento, em brusca de uma travessia de barco para Buenos Aires. Conseguimos comprar os tickets por um preço um pouco mais em conta. Dá última vez em que fiz esta travessia o barco era muito podre e a estrutura horrível. Hoje em dia a coisa está bem mais organizada para atender os muitos turístas que passam alí todos os dias. O barco é de primeira e a viagem durou apenas 1 hora.

Chegamos mais ou menos meio dia e nosso perrengue incial foi para procurar um hotel. Como tínhamos somente uma tarde nesta cidade coremos contra o tempo. Após algumas tentativas e uma boa caminhada, conseguimos um hotel razoável a um bom preço bem perto da Calle Lavelle.

A tarde comemos num restaurante chinês, também por uma bagatêla. Tudo está muito barato com a desvalorizaçao do peso argentino e a cidade foi invadida por brasileiros. Só se ouve português poraqui. Passeamos de taxi pela cidade e gastamos muito pouco. Fomos ao Caminito, ao Estádio do Boca, a Flor Metálica, caminhamos pelas Calles Florida e Lavelle. Tudo bem tranquilo abaixo de um sol escaldante. Aliás, estamos todos bem passados.

Amanha voltamos cedinho ao Uruguai para iniciar nosso trajeto de volta.

Breve mando mais notícias.

Anúncios

Posted on 02/01/2010, in Argentina, Viagens and tagged , , . Bookmark the permalink. 2 comentários.

  1. Que bueno é Buenos Aires an!? Mas você realmente gostou do Tenedor libre?! Achei a comida legal, mas aparentemente não é nada tipica da argentina! A parilla não era muito boa e o chão escorregava por conta da gordura que os chinos não limpavam…

  2. vitortrotamundo

    Na verdade, quando se viaja “economicamente” é uma opção ser considerada…srs Agora típica da Argentina ela não é mesmo!! hehehe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: