Aron Ralston

Muitas vezes passamos parte de nossa curta vida reclamando das coisas, insatisfeitos por vivermos em detareminadas condições. De fato, nem sempre as coisas são fáceis e nem tudo sai como planejamos. Acredito que existe uma razão para tudo e tudo tem um sentido, embora não saibamos bem qual seja.

Um bom exemplo disso que estou tentando dizer é a história de Aron Ralston, montanhista americano. Um certo dia Ralston resolveu fazer uma aventura solitária no Parque Nacional dos Cânions, no Colorado. Ele deixou a picape no estacionamento do parque, pegou sua bicicleta e pedalou cerca de 20 km até a entrada de uma das gargantas do Cânion. Seu plano era o de descer de rappel a garganta, que terminava bem próxima ao local onde a picape estava estacionada, pegar seu carro e voltar para pegar a bicicleta. Durante a descida um grande bloco de pedra deslizou e prendeu a mão de Ralston contra a parede da garganta.

Sua experiência em montanhismo o fez tentar diversas alternativas para soltar o braço, entre tentar cavar a rocha com seu canivete, até usar um sistema de polias com a corda para mover a pedra. Durante três dias ele tentou sair daquela situação desesperadora, até que sua água e comida acabaram.

Sem mais alternativas Ralston tentou cortar sua mão com um canivete, que estava completamente cego. Como o canivete não seria suficiente para serrar os ossos, ele decidiu quebrá-los, para depois cortar a péle e tendões.

Mesmo depois da amputação improvisada, Ralston ainda rastejou pelo Cânion, desceu um precipício e andou 7 km até encontrar um grupo de hikers que o socorreu. Quando ele foi encontrado estava a apenas 2km de seu carro.

Sua atitude e decisão foram cruciais! Mesmo em péssimas condições ele tomou a decisão certa, no momento apropriado e usando os recursos disponíveis.

Somos os maiores agentes de mudança de nós mesmos. Se você está de saco cheio, mude!!

Vale a pena ler toda a dramática história. CLIQUE AQUI!!

 

Anúncios

Posted on 27/08/2010, in Curiosidades, Escalada and tagged , , . Bookmark the permalink. 22 comentários.

  1. Altamiro Vilhena

    Este cara é bom demais. Li o relato na Nat Geo Adventure, antes do livro dele ser lançado. O perfil do cara é o do que queremos ter em nossos jovens: determinados e vencedores na vida.

    • vitortrotamundo

      Realmente Altamiro. O cara foi muito determinado e não desistiu, mesmo quando tudo parecia perdido.

      Parace que vão lançar um filme sobre o fato. É aguardar para ver.

      Grande abraço!!

  2. vão lançar o filme.bonita história de coragem

  3. Omitiram que ele se masturbou antes de amputar o braço.

  4. deviam fazer um filme sobre a china toda então

  5. Realmente, eu ja assisti ao filme e fiquei paralisada. Sinceramente, nao consegui ver a cena da amputaçao direito, a cena é tao realista q da a forte impressao q o ator ( James Franco, q por sinal é um otmo ator )
    corta mesmo o proprio braço! Tipo, aparece o sangue, as ”tripas” ( vamos dizer assim, a carne q fica dentro do braço), o osso! tudo! tudo tudo tudo. e dou meus parabens pelo Aron Ralston, pois meusmo passando por tudo isso, hj ele ainda faz essas grandes expediçoes

  6. muito bom, hoje a historia deste cara vai reperticutir muito apos o filme com certeza, espero ver algumas entrevistas com ele.

  7. John Rambo

    Acho esse cara um verdadeiro idiota, pois em qq esporte de aventura, mesmo que você queira fazer sozinho, precisa avisar a alguém. De preferencia, vá em dupla. Isso é planejamento!

    • Another Brick In The Wall

      Você quer dizer que o simples fato de ele ter ido se aventurar num canyon sem avisar a ninguém o torna um idiota, mesmo ele tendo tido espírito de sobrevivência, coragem, força de vontade, entre outras coisas? É isso que você está dizendo?
      De fato a atitude dele de não avisar a ninguém foi um erro besta. Mas suas atitudes frente ao que lhe ocorreu são dignas de admiração. O sujeito foi escroto!
      P.S.: Seu comentário é que foi idiota.

      • O cara continuou a se comportar como um macaco,mesmo depois de ficar com sua vida por um fio.

        Esse é o tipo de obstinação que não dá pra entender.

        E o mais importante é que ajudaram ele,mas não viu e nem refletiu sobre.

        E agora mesmo, iguais a esse, existem muitos.

        São verdadeiros exemplos do que não se deve fazer: perder tempo na vida com estultices.

  8. Realmente a história dele é uma história de superação, mostrando do que este ser foi capaz para manter sua vida, ele é um exemplo a ser seguido. Meus parabéns Aron Ralston você é o cara

  9. vitor camanho

    Isso é um exemplo de vida que vou levar comigo pra sempre.

  10. eloy giraldi

    Assisti ontem o filme, não sabia desta história, mas foi um ato de coragem ao extremo, poucas pesssoas cortariam o próprio braço,ainda do jeito que ele fez, para salvar a vida.

  11. Espetácular o filme o cara foi um verdadeiro heroi de si mesmo, não sei se outra pessoa teria a coragem de optar o proprio braço, e que é pior sem nenhum recurso para isso!

  12. Que merda é essa de dizer que ele se masturbou antes de amputar o braço?? o filme procura alimentar os desejos dos humanos para atrair a atenção dos inertes durante os minutos da história muito mal explorada pelo diretor do filme. O filme é uma merda, atende apenas aos interesses da industria cinematografica, poderiam ter explorado bem melhor a historia. Uma piada. O livro em contrapartida é alucinante, nos cativa de forma insólita!!!

  13. Valéria Abreu

    Eu vejo também um exemplo de como devemos avisar pra onde vamos, nunca sermos arrogantes ao ponto de achar que não devemos satisfação a ninguém do nosso destino, infelizmente ele fez isso como vi por vários meios de comunicação.

  14. bem, eu discordo do comentário do cara ai ao dizer que o filme foi uma bosta e que era o que a industria cinematografica queria mostrar e tals, mas cara.

    teve um que diz ai que mesmo depois de tudo ele ainda é um macaco, nada a ver.

    somente idiotas de corpo inerte que não se levantam da cadeira a qual passam horas sentados procurando o que criticar diriam isso, exercite muito mais do que suas mentes podres informatizadas. rapel é ótimo.

    poxa, eu realmente não entendo.

    nossas celúlas musculares são uma porcária temos que ser ativos durante um bom tempo ao dia e vocês que só sabem isso na teoria.

    que droga!

    só saem de casa motorizados, não sabem o que é respirar bem, sentem só o cheiro do perfume do seu ar-condicionado.

  15. Lição de vida, controle emocional e muita garra … Sempre avisem aonde esta indo,Fundamental !!!!

  16. julio cezar

    A aplicação para nós com o exemplo de Ralston: devemos tomar decisões mesmo que isso envolva perder algo importante. A indecisão leva muitos a ficarem parados no mesmo lugar. Devemos fazer progresso na vida. Avançar descobrir as respostas sobre as perguntas: Qual é o objetivo da vida? É esta vida tudo o que existe? O que acontece depois da morte? Por que sofremos?Há esperança para nossos entes queridos falecidos?

  1. Pingback: Desmaios e Convulsões na exibição de 127 hours « Vitortrotamundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: