Sênior do Cordão Dourado

Recebendo o Cordão Dourado - Foto dos meus áureos tempos de sênior!

Tenho boas lembranças de minha passagem pelo Ramo Sênior. Esse período de minha vida escoteira foi bastante movimentado, com muitos acampamentos, caminhadas, escaladas, enfim… minha Tropa era muito ativa. Claro, aprontamos bastante também! Chefaiada se via louca com a gente…

Uma das conquistas mais saborosas que tive foi o Cordão Dourado. Era uma época em que realmente  era desafiante chegar a tal distinção. Não foi coisa fácil vencer as eficiências e conquistar as 15 especialidades necessárias, sendo que naquela época as especialidades eram divididas por ramo e não por níveis como são hoje. Era necessário fazer todos os itens da especialidade para conquistá-la. Haviam algumas especialidades malucas, que exigiam muito esforço: Atleta Sênior, Aventureiro, Mestre Cuca… Os mais antigos lembram. Como fui escoteiro do ar, as especialidades obrigatórias da modalidade eram complicadíssimas, como por exemplo a de Mecânico Aéreo, onde um dos itens era montar e desmontar um motor de avião. Coisa de doido!

A jornada de Eficiência 2 foi outra atividade épica! Minha caminhada teve aproximadamente 28 km, com direito a pernoite em abrigo e jantar mateiro. Percurso feito na região de Bateias, sob sol forte, mas com duas boas companhias (Freddy e Eric). Foi “faca na caveira” vencer o desafio…

Hoje guardo com bastante carinho as memórias destes bons tempos. A tropa era excelente e as amizades melhores ainda, muitas delas conservadas até os dias de hoje.

O “sangue grená” ainda corre no “pulso que ainda pulsa”…hehehe

Posted on 01/12/2011, in Escotismo and tagged , . Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. Paulo Henrique

    Não tenho foto, mas recebi o meu Cordão Dourado no alto do Pico da Bandeira em 1999, em uma Aventura Sênior da Região do Espírito Santo… lembro minha patrulha me jogando para o alto… semanas depois veio o Escoteiro da Pátria já no GE.
    Tem coisas que só o Escotismo nos faz passar, boas lembranças….

  2. Também não tenho fotos mas realmente era coisa pra poucos. Com orgulho fui o primeiro Escoteiro da Pátria e Cordão Dourado do GE Tapejara 23/PR em 1997. Lembro do Vitor e da Tropa Sênior do Bagozzi dessa época…. Só doido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: