Category Archives: Curiosidades

The Longest Way 1.0 – Caminhando pela China e vendo a barba crescer.

O camarada do video andou pela China, percorrendo aproximadamente 4500km. Durante a caminhada, ele filmou o crescimento de sua barda, compondo um timelapse bacana.

Nada de especial no video, mas apenas para começar o dia com algo inusitado.

Anúncios

Curiosidades sobre a Alemanha

  • A maior cidade é a capital, Berlim, com 3,4 milhões de habitantes.
  • Principais rios da Alemanha: Rio Danúbio, Rio Elba e Rio Reno.
  • É conhecida como a terra dos poetas e pensadores.
  • Berlim é reconhecida como centro europeu da cultura, graças à chamada “ilha de museus”, suas três casas de opera, a Orquestra Filarmônica, os cinemas e teatros, o Festival Internacional de Cinema, as três universidades, as quatro escolas de Belas Artes e os 250 centros universitários de pesquisa.
  • O vocabulário ativo de um alemão seria calculado em torno de 12 a 16 mil palavras. Mas sem problema, a maioria dos alemães entende até 50 mil palavras.
  • A Federação Alemã de Esportes Olímpicos (DOSB) conta com 27 milhões de membros.
  • A Federação Alemã de Futebol conta com mais de 26.000 clubes, totalizando cerca de 6 milhões de membros, o que a faz ter maior número de associados do que qualquer outra federação esportiva do mundo.
  • Os alemães Gottlieb Daimler e Karl Benz inventaram o primeiro carro movido à gasolina.
  • Os sumérios e os egípcios já produziam cerveja há mais de cinco mil anos, mas a cerveja produzida na Alemanha ganhou status de melhor do mundo porque só utiliza água, lúpulo e malte. O país tem 1.350 cervejarias e cinco mil marcas são produzidas
  • Os alemães são um dos maiores consumidores per capita de cerveja do mundo (dizem que atrás somente do tchecos). Cada cidadão consome, em média, 112 litros da bebida por ano. As variedades de cerveja mais comuns por lá são: Helles, Weizen, Kölsch, Alt, Pilsner, Export e Bockbier. Um detalhe: existem mais de 1.200 cervejarias ativas e 5.000 marcas de cerveja no país.
  • Na rua os alemães nunca atravessam se o sinal não estiver verde, pode não haver um único carro num raio de um quilômetro que, mesmo assim, ninguém atravessa a estrada.
  • Nas ruas é obrigatório recolher o cocô do cachorro levado a passear.
  • Ônibus e trens não têm cobradores, o dinheiro é colocado em uma caixa junto ao motorista. Ele imprime o ticket e dá o troco.
  • Nem só de carne de porco e salsicha vive um alemão. Há também o repolho – que em conserva torna-se o ingrediente principal do chucrute.
  • Mas a salsicha continua sendo muito importante no país. As salsicharias não se cansam de criar novos tipos da iguaria, até mesmo a de carne decorada com desenhos de animais, própria para crianças.
  • Existem várias receitas alemãs a base de cerveja e presunto e é muito comum o hábito de misturar frutas aos alimentos.
  • Com 82 milhões de habitantes, a Alemanha é o país mais populoso da União Européia. A cidade mais populosa é a capital, Berlim, com 3,5 milhões de habitantes.
  • Cerca de 19% da população alemã é constituída de imigrantes ou de alemães com um dos pais nascidos no estrangeiro. Os maiores grupos são turcos, italianos, sérvios, russos, gregos e poloneses.
  • Existem colônias de imigrantes e descendentes de imigrantes alemães nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Argentina e até no Equador e na Namíbia. Os países com maior concentração de descendentes de alemães são, pela ordem, Estados Unidos, Canadá e Brasil.
  • Os estados brasileiros que mais receberam imigrantes alemães foram Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Paraná.
  • A língua alemã é falada por quase 200 milhões de pessoas em todo o mundo. Os países que falam alemão são Alemanha, Áustria, Luxemburgo, Liechtenstein e Suíça. Existe um grande número de falantes da língua na Polônia, Rússia, Eslováquia, Dinamarca, Namíbia, França e Itália. Os países em que parte da população fala ou conhece o alemão: Estados Unidos, Canadá e Brasil.
  • A Alemanha é a quarta maior economia e o terceiro maior exportador do mundo. Os alemães eram os maiores exportadores até recentemente, quando foram ultrapassados pela China.
  • A Alemanha foi um dos últimos países europeus a se unificarem. O Estado-Nação chamado Alemanha nasceu propriamente em 1871.
  • O país é formado por 16 estados. São eles: Baden-Württemberg, Berlim, Baviera, Brandemburgo, Bremem, Hessen, Hamburgo, Mecklemburgo-Pomerânia, Baixa Saxônia, Renânia do Norte, Renânia-Palatinado, Sarre, Saxônia, Saxônia-Anhalt, Schleswig-Holstein e Turíngia.
  • As cidades mais importantes são: Berlim (a capital), Hamburgo, Munique, Dresden, Bonn, Stuttgart, Frankfurt, Colônia, Hannover, Düsseldorf, Essen, Nurenberg, Leipzig, Dortumund, Bremen e Rostock.
  • As religiões com maior número de adeptos são: luteranismo, catolicismo, judaísmo e islamismo (a maioria descendente de imigrantes turcos). Cerca de ¼ da população alemã se declara atéia ou não-religiosa.
  • Com o término da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois países: Alemanha Ocidental (capitalista) e Alemanha Oriental (comunista). A capital da Alemanha Ocidental era Bonn e da Alemanha Oriental, Berlim. A reunificacção alemã ocorreu em 1990, pouco tempo depois da queda do Muro de Berlim.
  • Os alemães também são grandes consumidores de pães. Só para se ter uma idéia, existem 400 variedades de pães e 1.200 tipos de pãezinhos no país.
  • Se você ficou impressionado com a variedade de cerveja e de pão, veja só essa: existem mais de 1.500 tipos de salsicha na Alemanha.
  • Personalidades brasileiras descendentes de alemães: Ernesto Geisel, Gustavo Kuerten, Oscar Schmidt, Jorge Gerdau Johannpeter, Vera Fischer, Gisele Bündchen, Ana Hickmann, Lya Luft, Raul Bopp, Raul Boesel, Leandro Konder, Eva Wilma, Werner Schunemann e Dom Paulo Evaristo Arns.
  • Personalides alemãs das artes e da cultura: Thomas Mann, Günther Grass, Herman Hesse, Goethe (escritores e poetas); Nietzsche, Marx, Schopenhauer (filósofos); Bach, Händel, Beethoven, Wagner, Brahms (música).
  • A Alemanha já sediou duas olimpíadas (Berlim/1936 e Munique/1974) e duas Copas do Mundo (1974 e 2006).
  • Segundo a Federação Alemã de Fubetol, existem mais de 25.000 clubes no país, com cerca de 6 milhões de membros.
  • A seleção alemã de futebol venceu a Copa do Mundo três vezes: em 1954, 1974 e 1990.

fonte, fonte

Mapa em time-lapse de cada explosão nuclear desde 1945

O artista japonês Isao Hashimoto criou este inigualável e assustador mapa em time-lapse, das 2053 explosões nucleares que ocorreram entre 1945 e 1998.

O objetivo da obra é mostrar o medo e a loucura causada pelas armas nucleares. Notem que o vídeo começa muito lento e vai ganhando um ritmo alucinante de explosões.

 

O Efeito do Veneno de uma Víbora no Sangue

Uma simples gota de veneno é suficiente para fazer o sangue se coagular, e virar um tolete de matéria sólida.

Bir Khalsa e os Limites do Corpo e da Mente

O povo indiano é mundialmente conhecido por testar os limites do corpo e da mente. Brincar com serpentes venenosas, andar sobre brasas, deitar em cama de pregos… Tudo isto é fichinha perto do que os caras deste vídeo fazem.

O vídeo mostra as peripécias de um grupo chamado Bir Khalsa, praticantes de uma arte marcial muito antiga, quase esquecida, denominada Sikh Gatka. Esta arte é passada de geração em geração e somente os Sikh podem realizá-la.

Como o Doritos é Feito

O momento curiosidade deste blog apresenta como são feitos os salgadinhos de tortilla, também conhecidos como Doritos. Particularmente considero o sabor do salgadinho de queijo nacho como sendo inigualável, ideal para ser beliscado com uma cervejinha. Além disto, a iguaria parte como base para confecção do prato mexicano “Nachos Calientes”, que também aprecido bastante.

Este quitute foi lançado em 1964 nos Estados Unidos pela Alex Foods, e desenvolvido por um camarada chamado Arch West. Este truta faleceu em 2011 e como homenagem foram jogados salgadinhos em sua tumba. Uma justa homengem… um último adeus a este gênio.

Originalmente foi vendido no sabor de milho torrado, especialmente para agradar os latinos. Hoje no Brasil, estão a venda os seguintes sabores: Queijo Nacho, Swet Chili, Milho, Late Nigth, Green Pepper e o recém lançado Cool Ranch.

30 Curiosidades sobre a Holanda

1.   Os Países Baixos são frequentemente chamados de Holanda, o que é tecnicamente impreciso, já que as Holandas do Norte e do Sul são duas de suas doze províncias.

2.   O gentílico “holandês” é  utilizado para se referir ao povo, à língua e a qualquer coisa que pertença aos Países Baixos.

3.   Amsterdã é a capital, e a maior cidade dos Países Baixos, situada na província Holanda do Norte.

4.   A Cidade de Amsterdã tem 1281 pontes. Um quarto dos Países Baixos fica abaixo do nível do mar.

5.   É conhecido pelos seus moinhos de vento, tulipas, tamancos, cerâmica de Delft, queijo gouda, artistas visuais, bicicletas e pelos valores tradicionais e virtudes civis, tais como a sua tolerância social.

6.   O país, mais recentemente, tornou-se conhecido por sua política liberal em relação à homossexualidade, drogas, prostituição, eutanásia e aborto.

7.   O neerlandês é a língua nacional. No entanto, quase todos os habitantes sabem falar inglês.

8.   No país, 35% de todos os bebês nascem em casa. O parto domiciliar é quase rotina.

9.   Na Holanda existe um costume diferente de outros países quando alguém faz aniversário, as pessoas cumprimentam não só o aniversariante, mas as pessoas da família também.

10. Quando alguém morre, um membro da família envia um cartão com uma tarja preta avisando do acontecimento.

11. Os holandeses são um dos povos mais altos do mundo, tendo os homens uma altura média de 1,84 m e as mulheres 1,78 m.

12. A bala favorita dos holandeses – o drop – é salgada.

13. É um forte hábito se comer o arenque (um tipo de peixe) cru, apenas passado em cebola picada e sal.

14. A cozinha é bastante simples, comem-se muitas batatas e verduras no país. Durante o ano inteiro pode ser encontrada uma grande variedade de pescado.

15. Tradicionalmente costumam beber cerveja, mas os vinhos estão conquistando terreno rapidamente. Leite é uma das bebidas favoritas do povo holandês.

16. A Holanda é extremamente plana (praticamente não possui montanhas) e 40% do país fica abaixo do nível do mar.

17. Os neerlandeses comemoram o Natal durante dois dias: 25 e 26 de dezembro. A troca de presentes, porém, é feita no dia 5 de dezembro, dia de São Nicolau.

18. A Holanda é um dos países mais densamente povoados do mundo, com 450 habitantes por quilômetro quadrado. Quase metade da população vive em torno de três cidades: Amsterdã, Haia e Roterdã.

19. A Holanda é sede de cinco tribunais internacionais: o Tribunal Permanente de Arbitragem, o Tribunal Internacional de Justiça, o Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia, o Tribunal Penal Internacional e o Tribunal Especial para o Líbano. Os quatro primeiros estão situados na cidade Haia, bem como a sede da agência da União Européia de informação criminal, a Europol. Isto levou a cidade a ser apelidada de “capital legal do mundo”.

20. Nova York, a maior cidade dos Estados Unidos e uma das mais influentes metrópoles do mundo, foi fundada em 1624 pelos holandeses. A cidade foi batizada de Nova Amsterdã e só mais tarde recebeu o nome atual.

21. O Nordeste brasileiro chegou a ser, durante um certo tempo, colônia holandesa. O domínio holandês teve três fases. A primeira iniciou-se em 1630 e foi marcada pelo esforço holandês para eliminar o principal núcleo resistente à invasão, o Arraial do Bom Jesus, que caiu em 1635. A segunda correspondeu à consolidação do domínio flamengo, de 1635 a 1645, com destaque para a gestão de Maurício de Nassau. Finalmente, a terceira durou até 1645, ano em que a Insurreição Pernambucana conseguiu expulsar os holandeses do Nordeste.

22. Os Países Baixos possuem dois territórios autônomos no Caribe : as Antilhas Holandesas e Aruba.

23. A Indonésia (um dos mais populosos países do mundo) foi colônia holandesa até 1963.

24. A Guiana Holandesa foi possessão dos neerlandeses até 1976, quando conseguiu sua indepedência e adotou o nome de Suriname. Detalhe: o Suriname faz fronteira com o estado brasileiro do Pará.

25. O município brasileiro de Holambra (derivado da junção de Holanda, América e Brasil), no estado de São Paulo, recebeu esse nome em virtude de uma colônia holandesa que estabeleceu na região. Holambra é um dos maiores produtores de flores (inclusive tulipas) do país.

26. Os africâneres (ou bôeres) são descendentes de colonos franceses, alemães e, em sua grande maioria, holandeses que se estabeleceram na África do Sul. Eles desenvolveram sua própria língua, o africâner, que é atualmente uma das onze línguas oficiais da África do Sul.

27. O hino nacional mais antigo do mundo é o holandês. Chama-se Wilhelmus e foi composto entre 1568 e 1572 em homenagem a William de Orange (mártir da independência da Holanda) e é usado até hoje como hino oficial do país. O curioso é que ele só foi oficializado como o hino nacional em 1932.

28. Os Países Baixos têm mais de 15.000 ciclovias, há tantas bicicletas quanto habitantes.

29. O maior porto do mundo é o de Roterdã, na Holanda.

30. Por que a camisa da seleção holandesa de futebol é laranja? Simples, o laranja é a cor da dinastia de Orange (laranja, em português), da família real da Holanda, que começou em 1544 e continua até hoje com a rainha Beatriz. Detalhe: o país é uma monarquia parlamentarista.

Bandeira da Hungria

A atual forma da bandeira húngara, com suas faixas nas cores vermelha, branco e verde tem origem na revolta de 1848, durante a revolução separatista da Hungria. Ela foi baseada na bandeira francesa e nos ideais da Revolução Francesa. A escolha das cores tem ligação direta com a história do país e de suas antigas bandeiras, sendo que o signficado era: vermelho – Liberdade, branco – igualdade e verde -fraternidade.

Entre 1867  e 1945 a bandeira foi utilizada na versão e proporções iguais às atuais, mas com o Brasão de armas aplicado ao centro.

Entre 1946 e 1949 a bandeira manteve o Brasão de armas ao centro mas sem a coroa. Em 1949 o brasão foi substituído por uma imagem do tipo estalinista, composta por uma espiga cruzada com martelo e uma estrela vermelha. A bandeira da revolução anti-soviética de 1956 também era tricolor, com um “rasgão” ao centro. Como não existiam bandeiras sem a imagem comunista, muitas pessoas simplesmente cortaram a imagem, motivo pelo qual muitas bandeiras apareceram com um buraco no meio.

De 1957 até os dias de hoje, a bandeira da Hungria é composta pelas três faixas orizontais. O romantismo popular atribuiu o seguinte significado as cores:

– Vermelho: força e sangue

– Branco: fidelidade e liberdade

– Verde: Esperanças e as vastas planícies da Hungria.

Curiosidades sobre o Chile

Gosto do Chile! Gosto muito do Chile! País que tem de tudo: praia, vulcão, deserto, montanha, neve… enfim, compelto para quem gosta de aventura.

Seguem algumas curiosidades sobre este belo país:

1.   O Chile é um país da América do Sul, limitado a norte pelo Peru, a leste pela Bolívia e pela Argentina, a sul pelo estreito de Drake e a oeste pelo Oceano Pacífico.

2.   Apesar da sua localização na Polinésia, a Ilha de Páscoa faz parte do território chileno.

3.   Santiago, a capital, é uma cidade muito organizada, limpa e receptiva.

4.   A Catedral Metropolitana de Santiago começou a ser construída em 1748 e só teve as duas torres concluídas no final de 1800.

5.   O Palácio de La Moneda no centro é a sede da Presidência da República e foi construído entre 1786 e 1812.

6.   O Chile é um dos países do mundo com maior quantidade de vulcões em seu território. Entre ativos e inativos, existem cerca de 15 vulcões.

7.   O terreno mais árido do mundo fica no Chile, o Deserto de Atacama. Alguns estudiosos afirmam que uma área dele passou 571 anos sem ver uma gota de chuva. Lá as temperaturas podem variar de 40º C ao dia a 0º C à noite.

8.   A maior mina a céu aberto do mundo é a chilena Chuquicamata. Ela é uma gigantesca cratera com quatro quilômetros de comprimento e 2 de largura, com profundidade de 780 metros.

9.   Em um país de muitas temperaturas e paisagens diferentes não poderia faltar o supra-sumo da temporada fria: boas estações de esqui. As três maiores são: Termas de Chillan, Valle Nevado e Portillo.

10. Uma viagem inesquecível pode ser feita apenas para se conhecer a rota dos vinhedos e provar in loco a textura única dos vinhos chilenos, grande orgulho do país.

11. Os brasileiros não precisam de visto nem passaporte para entrar no Chile.

12. O Chile teve a honra de conquistar dois prêmios Nobel de literatura, ganhados por Pablo Neruda e Gabriela Mistral.

13. Na comida típica chilena o milho é rei, sendo o Pastel de Choclo (milho), um dos pratos mais conhecidos.

14. A empada chilena é uma receita de mais de 300 anos e consiste em um embrulho de massa simples recheado com “pino”, mixtura de carne picada com cebola, azeitona, ovo e algumas passas.

15. O “pisco sour” é um famoso drinque preparado com suco de limão e açúcar. Nos feriados nacionais costuma-se beber chicha, suco de uva ou maçã fermentado.

16. A bandeira da República do Chile tem semelhança com a bandeira do Texas que é um dos 50 estados dos Estados Unidos.

17. Existe no Chile um luxuoso Resort chamado San Alfonso Del Mar, que tem uma das maiores piscinas do mundo.

18. O Chile sediou a sétima copa do mundo em 1962 e o Brasil foi bicampeão da copa neste ano.

19. No deserto de Atacama no Chile encontramos um roedor semelhante ao coelho, porém, chamado de biscacha.

20. Muitos turistas vão ao deserto de Atacama no Chile para tomar banho em gêiseres, pois o Chile é um dos quatro lugares no mundo onde podemos encontrar mais gêiseres.

Fonte Fonte

Curitiba e seus 319 anos.

Sim, esta cidade é esquisita, cheia de manias, com um povo estranho, clima mais estranho ainda, mas sou completamente apaixonado por este lugar. O fato é que é muito bom morar aqui, é a terra onde tenho meus grandes amigos, onde tenho meu amor, minha família e onde pretendo ficar, pelo menos por um bom tempo.

Conheço diversas cidades e de maneira nenhuma é exagero ou “bairrismo” dizer que esta cidade é (de fato!) o modelo que todos pintam. Claroooo que ela tem vários problemas, mas para os mais desatentos podem até passar despercebidos.

Esta é apenas uma singela homenagem deste humilde blog, a esta maravilhosa cidade!

Abaixo algumas curiosidades e baboseiras acerca de Curitiba e do jeito curitibano de ser.

LENDAS CURITIBANAS

(dica da Carla Neves)

A loira fantasma

A história era muito narrada nos anos 1970. Diz que Lurdes, loira e muito bonita, morava em Curitiba e, certa vez, resolveu sair tarde da noite, por isso decidiu pegar um táxi.

O problema é que o taxista era psicopata tarado e decidiu levar a loira para o matagal. Estuprou e matou a moça. O que ele não sabia, contudo, é que a loira pertencia a uma seita de magia. Então, o espírito da loira começou a rondar pela cidade. Uma noite, uma mulher de capa preta pediu ao mesmo taxista para parar. Ela entrou no carro com o rosto coberto e solicitou a ele para se dirigir ao Cemitério Municipal. Ao chegar lá, ela teria dito: “pode me deixar aqui, minha morada é um túmulo decente. Mas, gostaria que fosse diferente.” O taxista, sem entender, reconheceu a moça quando ela mostrou o rosto. Ele teve um ataque de asma, que o matou asfixiado.

Dizem que a loira continuou assombrando vários taxistas da cidade.

O pirata do bairro Mercês

Em 1840, um misterioso inglês veio morar em Curitiba, no bairro chamado Sítio do Mato, hoje Mercês. O nome dele era Zulmiro e tinha perna-de-pau e dentes de vampiro. Ele teria cometido maldades na Inglaterra, por isso veio para cá. Dizem que ele tinha um mapa de um tesouro que ele escondeu nos subterrâneos das Mercês. Ele morreu, mas a crença é de que o fantasma do pirata aparece até hoje, toda sexta-feira em noite de lua cheia, na calada da noite. O tesouro e o mapa nunca foram encontrados.

Maria Bueno, a santa

Ela era de Morretes. Por ter sido a sétima filha a nascer, na crença popular, dizem, teria poderes paranormais. Quando jovem, Maria Bueno decidiu entrar para o convento, mas foi expulsa. Mandaram-a, então, a Curitiba para cuidar de um casal de idosos. Só que os velhinhos morreram e Maria teve de trabalhar de lavadeira. O dinheiro, porém, não dava para comprar muita coisa, por isso ela decidiu ganhar a vida num bordel. Um soldado se apaixonou por ela e a proibiu de trabalhar ali, mas ela não aceitou. Acabou morta de forma cruel (degolada). O soldado, depois, também fora degolado, por Gumercindo Saraiva. Hoje Maria é tida como a santa do povo e está enterrada no Cemitério Municipal.

Na mansão do Batel

Em 1950, uma mulher muito bonita pegou um táxi para percorrer vários lugares da cidade. Depois, ordenou ao taxista que se dirigisse para uma mansão no Batel. Ela entrou na casa e pediu que o motorista esperasse do lado de fora, pois havia esquecido a carteira e iria pegá-la. O taxista, enquanto esperava, notou uma movimentação dentro da mansão. Aguardou meia hora e, em seguida, resolveu procurar a mulher. Bateu na porta e ninguém atendeu. Entrou na casa e notou que havia muitas pessoas em um velório. O motorista ficou procurando a cliente entre as pessoas que estavam ali. Ele aproveitou e deu uma olhada no caixão. O defunto era a mesma mulher que, pouco tempo antes, estava dentro do táxi.

Capa preta

Um homem dançou a noite inteira com uma morena num baile. Na hora de deixá-la em casa, esqueceu uma capa preta com ela. No dia seguinte, foi buscar o acessório, quando foi recebido pelos pais da garota. Eles informaram que a mulher estava morta há muito tempo e mostraram uma fotografia. Era exatamente a mesma pessoa com quem ele tinha dançado. Não satisfeito, foi acompanhado dos pais da morena até o cemitério onde ela está enterrada, no São Francisco de Paula. A capa preta estava em cima do túmulo.

Fundação de Curitiba

Havia uma imagem de Nossa Senhora da Luz na capela do primeiro vilarejo de Curitiba, a Vilinha, ainda às margens do Rio Atuba. Todas as manhãs, essa imagem se voltada para a mesma direção (não adiantava mudar a santa de posição porque ela se virava para aquele lugar). Interpretando como uma vontade de Nossa Senhora de criar uma cidade naquele lugar, foi feito o contato com o cacique dos índios tingui, o Tindiquera, que ficava no espaço para onde a santa olhava. Este teria colocado uma vara no chão, dizendo “Coré Etuba”, que significaria “muito pinhão”. Essa vara teria brotado e virado uma frondosa árvore, sendo este o marco zero da cidade de Curitiba.

A grávida da Praça da Ucrânia

Dizem que nas sextas-feiras uma mulher grávida ia passear com o seu marido na feira de comidas da Praça da Ucrânia. Numa noite muito fria, ela chegou em uma barraca e pediu um sanduíche de mortadela. Enquanto esperava o seu lanche, um motoqueiro apareceu e começou a atirar em todos os presentes. Uma das balas atingiu a mulher, que morreu na hora.

Agora, toda sexta-feira, na Praça da Ucrânia, aparece uma grávida muito misteriosa que, como morreu sem comer seu sanduíche, pede para alguém comprar um para ela.

Fontes: A casa do contador de Histórias e livros “Lendas e Contos Populares do Paraná” e “Lendas e Tradições do Paraná.”

HÁBITOS TÍPICOS DE CURITIBANO

  • Não conversar com desconhecidos, principalmente se não for do mesmo “nível” dele.
  • Orgulharem-se de ser descendentes de poloneses, holandeses, sérvios, eslovenos, romenos, croatas, e alemães (o povo mais ralé da Europa que veio aqui porque nem tinha onde cair morto lá).
  • Se vê alguém estranho na rua, passa para o outro lado dela para evitar conflitos.
  • Acharem-se superiores ao resto do país.
  • Odeia sotaques de outras cidades.
  • Andar somente de carro, mesmo se for para ir 2 quarteirões de distância.
  • Não cumprimenta nem seus vizinhos.
  • Nos ônibus biarticulados, NUNCA passa da porta 3, não importa o quão lotado esteja.
  • Coloca o feijão em cima do arroz

MANIAS DE CURITIBANO

  • Chama salsicha (hot-dog) de “vina”.
  • Chama o semáforo de “sinaleiro”.
  • Chama o estojo de “penal”.
  • Diz “bolacha” em vez de biscoito.
  • Diz “piá” em vez de menino.
  • Diz “guria” em vez de menina.
  • Diz “podar” em vez de ultrapassar.
  • Diz “bexiga” em vez de balão.
  • Diz “corretivo” em vez de errorex. (O certo é corretivo, mas a desciclopédia sempre quer colocar uma gracinha a mais)
  • Acha que não tem sotaque nenhum.
  • Ter medo de mendigos
  • Ter medo de mendigos no semáforo (ou melhor, no “sinaleiro”)
  • Fechar a janela na cara desses mendigos aí de cima
  • Ignorar os mendigos aí de cima.

CURITIBANO E O CLIMA

  • Fala sobre a condição do tempo para puxar conversa com alguém.
  • Admira, diariamente, a linda cor cinza do céu curitibano.
  • Enfrenta sol, chuva, frio, calor, tudo no mesmo dia, mas ja está acostumado.
  • Mantém as janelas do ônibus fechadas, independente se o dia está frio, chuvoso ou aquele sol.
  • Sai todo agasalhado de manhã, e tira quase tudo até o final do dia.
  • No dia seguinte sai praticamente pelado de casa, passa frio, pega chuva, MAS isso não é problema, já que até chegar em casa já estara calor novamente…
  • Tem mania de lavar e polir seu carro no sábado ou domingo (o carro fica brilhando), só que toda vez que vai passear.. CHOVE !!!!
  • Mesmo com um clima de 360 dias de chuva e 5 nublado, ainda vai puxar conversa “será que faz sol hoje?”

ESQUISITICES

  • Faz fila para tudo (ônibus, mercado, banheiro,elevador, etc…).
  • Espera o ônibus/elevador em fila, mas quando este chega entra feito um louco sem esperar ninguém desembarcar.
  • Repara nas pessoas como se fossem de outro planeta.
  • Cumprimenta o vizinho de anos com ‘oi’ e ‘tchau’.
  • Espera a semana inteira pelo final de semana… e quando chega, acaba não fazendo nada.
  • Separa o ‘lixo que não é lixo’.
  • Acha que tudo em Curitiba é melhor do que em outras cidades.
  • Frequenta Clube Curitibano/Graciosa e santa Mônica e cada 15 dias e se esbalda no Baile do Pato em Pinhais.
  • Desdenha a Região Metropolitana, mas o Aeroporto de Curitiba fica em São José dos Pinhais.
  • Frequenta o Araucária Acqua Park no verão, mas também nem é de Curitiba!
  • Não aceita que alguém fale que curitibano é um povo fechado.
  • Chama o povo do norte paranaense de ‘pé-vermelho’.
  • Diz que a cidade não é mais a mesma por causa da invasão do pessoal de outros estados.
  • Come pastel e caldo de cana nas feiras livres.
  • Nas festas juninas chama vinho quente de quentão.
  • Pega o mesmo ônibus todo santo dia no mesmo horário e não cumprimenta nem motorista nem cobrador.
  • Acha que quem não é de Curitiba, sempre joga lixo no chão.
  • Difícelmente dá preferência para o pedestre na faixa.
  • Abre o ângulo pra fazer curva com um carro pequeno (Ford Ká, por exemplo), como se estivesse dirigindo um caminhão.
  • Fala bem dos restaurantes de Santa Felicidade (bairro ítalo-curitibano) mesmo indo lá uma vez ao ano.

(Fonte: Desciclopédia)

%d bloggers like this: