Arquivos de sites

Druidas Steet

Caminhando pelas ruas de Londres me deparei com esta rua muito peculiar…
Druidas (e druidesas) eram pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, jurídicas e filosóficas dentro da sociedade celta. Embora não haja consenso entre os estudiosos sobre a origem etimológica da palavra, druida parece provir de oak (carvalho) e wid (raiz indo-européia que significa saber). Assim, druida significaria aquele(a) que tem o conhecimento do carvalho. O carvalho, nesta acepção, por ser uma das mais antigas e destacadas árvores de uma floresta, representa simbolicamente todas as demais. Ou seja, quem tem o conhecimento do carvalho possui o saber de todas as árvores.

O Piazinho de Bangladesh

Uma história comovente e real…

Estava eu andando sem rumo no Jamboree Mundial quando resolvi pegar meu saquinho de distintivos e ver se “batia um rolo” nas minhas coisinhas.

Cheguei na central de trocas do Jamboree e o lugar estava super movimentado. Escoteiros de todas as partes tentando trocar de tudo, distintivos, pins, bonés, camisetas, lenços e até a mãe se vcs duvidarem. Andei por alí e ví americanos, euopeus, mexicanos trocando seus “poderosos” distintivos bordados. Estava observando tudo e vendo qual seria a melhor opção quando derrepente eu ví… lá num cantinho, meio escondido, um garoto moreno. Resolvi ir lá e dar uma olhada, por que havia percebido que o mesmo estava meio cabisbaixo. Quando cheguei lá, ví que ele tinha um paninho no chão (mais parecia um trapo) com uma camiseta do Contingente de Bangladesh e uns três distintivos bem simples. Olhei pro garoto e perguntei:
– Ei, tá a fim de trocar esta sua camiseta??
Ele respondeu meu que não acreditando:
– Ah, pelo quê?
Eu respondi:
– Por essa minha camiseta do Brasil…
Nesse momento ví os olhos do garoto marejarem de felicidade. O piá ficou muito contente e, no final das contas, eu também… Foi minha boa ação do dia…
Hoje, essa minha camisetinha de Bangladesh é cobiçada pela galera.

Viu, falei que a história era triste!!

Na Bahia de Poole.

A caminho da Ilha de Browsea encontramos este grupo de escoteiros do mar na cidade de Poole, ponto de partida para a ilhota…

Imperial War Museum

Com toda a certeza foi o museu que achei mais tesão em Londres, e o melhor, é de graça! Ele conta a história de praticamente todas as guerras em que o Império Britânico esteve envolvido e guarda milhares de artefatos entre uniformes, armas, veículos de combate, aviões, livros, fotografias, etc.

Destaco a seção do Holocausto, que é bastante abrangente e comovente. Existem também salas de interação, aonde o público pode sentir a sensação de estar numa trincheira de guerra, com sons, fumaça e condições simuladas. Bem bacana! Vale muito a pena!!

O museu foi fundado em 1917, ainda durante a I Guerra Mundial, em homenagem aqueles que estavam lutando ou que já tinham morrido na guerra.

Museu da Guarda

Uma boa atração de Londres é o pouco divulgado Museu da Guarda. A entrada é bem baratinha e lá você pode ter uma boa perspectiva sobre as forças militares da capital, além do mais é o único dos museus de Londres que não foi originalmente concebido para visitação do público.

A idéia original do museu era a de servir como motivação e feramenta educativa dos guardas em formação. O legal é que existem algumas mostras de uniforme, que inclusive você pode vestir, que incluem informações sobre seu uso e etc…

Neste museu você encontra boas informações sobre os Guardas Reais (aqueles parecidos com cotonetes gigantes) e a Cavalaria, além da história de suas batalhas e funções atualmente desempehadas. Além dessas informações você também pode conhecer mais sobre a importância da Família Real e sua associação com as forças armadas.

Hyde Park

Mapa do Hyde Park.

The Manchester United

Manchester United FC (geralmente abreviado para Man United, Man Utd ou apenas Man U, pronunciado man-iú) é um clube de futebolinglês sediado em Old Trafford na Região Metropolitana de Manchester.

O maior e mais popular clube inglês, e tido atualmente como o clube mais rico do mundo, segundo a Forbes[1], validado em 1,5 bilhoes de dolares.O Manchester United foi fundado como Newton Heath LYR F.C. em 1878, como o time dos operários do depósito da Cia. Ferrovia de Lancashire e Yorkshire em Newton Heath, se tornando Manchester United em 26 de Abril de 1902.

Tradicionalmente um dos maiores clubes do mundo e tido como o que mais torcedores tem na Inglaterra, além de ter torcedores espalhados por vários países, o Manchester United, alcançou o título de maior clube inglês do século segundo a FIFA[2]. Comandado por Sir Alex Ferguson o Manchester alcançou um grau de dominação em competições domésticas nos anos 1990 não vista desde o grande time do Liverpool FC em meados dos anos 1970 e começo dos 80. Isso culminou em 2003, com o clube ganhando 8 títulos dos 11 disputados na história da Premier League

Seu estádio, Old Trafford (apelidado de “Teatro dos Sonhos”, por Bobby Charlton) é o segundo maior da Inglaterra. Após as obras de modernização, o estádio teve sua capacidade aumentada para 76.000 espectadores. Famoso pela sua média de público de 75, 76 mil torcedores por jogo (a maior do mundo), o Manchester praticamente não vende bilhetes para os jogos em Old Trafford sendo estes comprados basicamente no inicio da temporada pelos sócios mais antigos. Existem filas de 4 anos de sócios só para poderem adquirir um season ticket (ingresso válido para uma temporada inteira), que pode rondar a quantia de 2000 euros.

A um patamar local, o Manchester City é o grande rival do United na cidade e juntos fazem o clássico City x United. Entretanto, uma rivalidade mais intensa é nutrida contra o Liverpool, sendo a recíproca também verdadeira (em geral, os torcedores do Liverpool odeiam mais ao United do que o rival citadino, o Everton.

Segundo o Instituto Roy Morgan, em pesquisa divulgada em Agosto de 2004, o Manchester United, comprovando a sua fama, teria a maior torcida da Inglaterra com 4.600.000 torcedores . E cerca de 50.000.000 de torcedores por todo mundo (maior do mundo)
Em 2004, o Manchester United se qualificou para a fase de grupo da Copa dos Campeões pela nona vez consecutiva, quebrando um recorde mantido pelo Rosenborg da Noruega. O Manchester United claramente não tem conseguido transferir sua dominação doméstica para as competições Européias; Mas assim mesmo é um grande clube europeu com dois títulos da Liga dos Campeões da UEFA, e o unico time inglês a conquistar um Campeonato Mundial de Clubes.
O primeiro titulo da Liga dos Campeões da UEFA ocorreu, em 1968, no estádio de Wembley, em Londres, onde o Manchester, de Bobby Charlton e George Best, venceu o todo poderoso Benfica de Eusébio por 4 a 1 no prolongamento.

Na temporada de 98/99, o Manchester United conseguiu uma façanha jamais vista em terras inglesas, vencendo a tríplice coroa (campeão inglês, campeão da Copa da Inglaterra e campeão da Liga dos Campeões da Europa), o maior título que se pode conquistar no futebol europeu. O bicampeonato da Copa dos Campeões foi conquistado em maio de 1999, no estádio Camp Nou, em Barcelona, naquela que foi considerada uma das mais emocionantes partidas da história do futebol. Perdendo para o Bayern de Munique (ALE) até os 46 minutos do segundo tempo, o Manchester United conseguiu uma virada inacreditável, marcando dois gols em um minuto e meio. Teddy Sheringham e Ole Gunnar Solskjær assinalaram os gols da vitória que trouxe de volta a taça européia ao Old Trafford depois de 30 anos. Esta partida marcou também a despedida do brilhante goleiro dinamarquês Peter Schmeichel, “The Great Dane”, que defendeu a meta do Manchester durante nove anos até se transferir para o Sporting Lisboa.

O Manchester United conseguiu, no ano de 1999, a glória de ter sido campeão mundial de clubes ao vencer o Palmeiras, de Marcos, Paulo Nunes, Zinho e Alex, entre outros. O jogo teve palco em Tóquio, no Japão. Os ingleses venceram por 1 x 0 (gol de Roy Keane) e, portanto, estiveram aptos a comemorar um título de escalão mundial.

Em adição, é o maior vencedor da FA Cup e um dos clubes com mais torcedores no mundo, que alcança todos os continentes, mesmo a Ásia.

Retirado do Wikipedia

The London Eye

A London Eye (cujo nome oficial é British Airways London Eye), também conhecida como Millennium Wheel (Roda do Milênio), é um tipo de “roda-gigante de observação”. É situada na cidade de Londres, capital do Reino Unido. Foi inaugurada no ano de 1999 e é um dos pontos turísticos mais disputados da cidade. Atualmente recebe o título de segunda maior roda-gigante do mundo, ficando atrás apenas da “Estrela de Nanchang”, que conta com 160 metros de altura. A “Estrela de Nanchang” foi inaugurada em 2006 na cidade de Nanchang, na China.

London Underground


É pessoal, não é apenas um metrô, mas trata-se do sistema metropolitano mais antigo e extenso do mundo. O metropolitano de Londres tem 286 estações e aproximadamente 400 km (250 milhas) de caminhos de ferro (trilhos), no entanto há quem diga que tem 408 km (253 milhas) de comprimento,fazendo deste, o maior sistema de metropolitano pelo comprimento da sua rota, e um dos mais servidos em termos de estações. Há no entanto, um grande número de antigas estações e túneis que hoje em dia estão fechados. Em 2007, mais de um bilhão de viagens foram efetuadas, por um número recorde de passageiros.De lembrar que, o seu recorde anterior era de 976 milhões de passageiros, numa média de 2,67 milhões de usuários por dia, em 2004 e 2005. A estação mais utilizada de todo o sistema de metropolitano, é aEstação de King´s Cross St Pancras.

Fez história durante a II Guerra Mundial, quando praticamente todos os cidadãos londrinos se refugiaram nos seus túneis durante os bombardeamentos alemães da Batalha da Inglaterra. Ao se esconderem nos túneis, os cidadãos conseguiram escapar a um morte certa caso tivessem ficado à superficie (mesmo que fosse nas suas casas).

O mapa, que é mostrado geralmente na sua versão não-geográfica e com as suas linhas desenhadas através de um sistema de código colorido, é considerado um marco do Metropolitano de Londres e um design clássico. Muitos outros mapas de transportes foram influenciados por este. Outro marco do Sistema de Metropolitano Londrino é o anúncio Mind the Gap, que serve para avisar os passageiros para terem cuidado entre o espaço deixado entre as carruagens do metropolitano, com a plataforma das estações.

Palácio de Buckingham – Londres

The Gates.
A vista do palácio.
%d bloggers like this: